Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Saúde

Tipos de Vidro usados no Laboratório

33views

Vidro- substância inorgânica, amorfa e fisicamente homogénea, obtida por resfriamento de uma massa em fusão que endurece pelo aumento continuo da viscosidade até atingir a condição de rigidez, mas sem sofrer cristalização (Barros, 2010). Veja também :Utensílios plásticos: Materiais de Laboratório

O componente básico do vidro é a sílica. Entretanto, os problemas de manufactura tem historicamente levado à introdução de outros materiais para facilitar a produção em melhorar a qualidade.

As propriedades intrínsecas e essenciais do vidro são transparência e durabilidade. Outras propriedades tornam-se significantes de acordo com o uso que é colocado ao material. Principais propriedades:

Propriedades químicas do vidro

  • Transmissão de luz/radiação, reflexão, absorção;
  • Propriedades Térmicas;
  • Resistência;
  • Durabilidade Química;

Tipos de vidro

  • Vidro de Soda-cal: Este é o vidro mais comum, usado no vidro plano, lâmpadas, recipientes, etc..
  • Vidros de Sílica Fundida ou Quartzo: É caracterizado por altas temperaturas de fusão e trabalho, resistência ao choque térmico, e alta resistência química. O seu alto ponto de fusão o torna caro e difícil de produzir. Os vidros dessa família são aplicados em laboratórios de alta tecnologia.
  • Vidros de Borossilicato: Muito resistentes à corrosão química, e têm um coeficiente de expansão térmica baixo. Esta família de vidros tem uma enorme gama de usos: utensílios domésticos (Pyrex) e de laboratórios, lâmpadas e ainda é usado em vidros resistentes ao fogo aumentando a resistência ao impacto.

Principais categorias do vidro de laboratório

  • Vidro de uso geral;
  • Vidro volumétrico;
  • Vidro para microbiologia;
  • Aparelhos para filtração;
  • Vidro esmerilado.

Leave a Response