Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Geografia

Tipos de Planetas .Quais as características dos planetas do Sistema Solar?

141views

O Sistema Solar é formado por um conjunto de oito planetas que orbitam o Sol: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

Os oito planetas do Sistema Solar alinhados.
O Sistema Solar é formado por oito planetas que orbitam o Sol.

Os planetas do Sistema Solar formam um agrupamento de oito corpos celestes que orbitam o Sol: Mercúrio, Vênus Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. São classificados em planetas rochosos (formados predominantemente por rochas e minerais) e em planetas gasosos (constituídos por gases diversos). Até tempos atrás, mais precisamente 2006, o Sistema Solar era composto por nove planetas, porém Plutão foi reclassificado como planeta-anão no referido ano.

Saiba mais: https://leiaeaprenda.com/os-movimentos-da-terramovimento-de-rotacao-e-de-translacao

Resumo sobre planetas do Sistema Solar

  • O Sistema Solar é uma estrutura complexa formada por oito planetas que orbitam o Sol.
  • Seu ordenamento inicia-se a partir do Sol e obedece à seguinte ordem: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.
  • Seus planetas apresentam características distintas e são classificados em rochosos e gasosos.
  • Os quatro planetas rochosos são Mercúrio, Vênus, Terra e Marte; já os quatro gasosos são Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.
  • Eles realizam movimentos em torno de si mesmos (rotação) e em torno do Sol (translação).
  • Atualmente, Plutão é classificado como planeta-anão em razão do seu tamanho diminuto quando comparado aos demais planetas do sistema.

Qual a ordem dos planetas do Sistema Solar?

O Sistema Solar é formado por um conjunto de oito planetas. A sua ordenação dá-se a partir do Sol, principal astro do sistema e orbitado pelos planetas em questão. A ordem dos planetas do Sistema Solar é a seguinte:

Mercúrio – Vênus – Terra – Marte – Júpiter – Saturno – Urano – Netuno

Quais as características dos planetas do Sistema Solar?

Os oito planetas do Sistema Solar têm características bastante específicas que remetem à sua formação e à sua constituição. A listagem abaixo apresenta todos eles e suas principais características.

→ Mercúrio

Representação do planeta Mercúrio.
Mercúrio é um planeta que possui elevadas temperaturas pela proximidade com o Sol, mas não é o mais quente.

planeta Mercúrio é o mais próximo do Sol. A sua principal característica são as elevadas temperaturas, provocadas especialmente pela sua proximidade com a estrela solar assim como pela ausência de uma camada de gases completa, como a atmosfera terrestre. Mercúrio não apresenta satélites naturais e possui uma superfície marcada por grandes crateras.

→ Vênus

Representação do planeta Vênus.
Vênus é o planeta mais quente do Sistema Solar.

O planeta Vênus, sendo o segundo em ordem de classificação a partir do Sol, é o mais quente do Sistema Solar. Ele possui características de tamanho, diâmetro e massa muito semelhantes às da Terra, mas não possui nenhum vestígio de formas de vida. Sua formação, assim como a da Terra, é composta por rochas diversas, com destaque para silicatos e basaltos.

→ Terra

Representação do planeta Terra.
A Terra é o único planeta do Sistema Solar em que há presença confirmada de formas de vida.

O planeta Terra é o único do Sistema Solar em que há presença confirmada de formas de vida. Tal fato é possível mediante questões físicas, com a disponibilidade de água e a presença de uma atmosfera bastante desenvolvida. A Terra é um planeta rochoso, formado por silicatos e basaltos, além de apresentar diversos recursos minerais. A Lua é seu único satélite natural.

→ Marte

Representação do planeta Marte.
Marte é um dos planetas mais estudados atualmente.

Marte, conhecido como Planeta Vermelho, possui características estruturais bastante semelhantes às da Terra. Apresenta uma superfície marcada por grandes crateras e pela ocorrência de diversos depósitos minerais. Marte possui dois satélites naturais, e é um dos planetas mais estudados pelas ciências astronômicas.

→ Júpiter

Representação do planeta Júpiter.
Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar.

Júpiter é formado basicamente por gases e é classificado então como planeta gasoso. Sendo o maior em tamanho do Sistema Solar, é conhecido como Gigante Gasoso. Esse astro possui inúmeros satélites naturais que o orbitam. Assim como os outros planetas gasosos, em Júpiter há um sistema de anéis, de pequena dimensão.

→ Saturno

Representação do planeta Saturno.
Saturno é particularmente conhecido por seus anéis.

O planeta Saturno é muito conhecido em razão dos seus anéis. Ele é o segundo maior em extensão territorial e é formado predominantemente por gases. Seu complexo sistema de anéis é o mais desenvolvido entre os planetas gasosos. As temperaturas em Saturno, assim como nos outros planetas gasosos, são bastante baixas. Ele possui diversos satélites naturais.

→ Urano

Representação do planeta Urano.
Netuno é um planeta conhecido pelo seu característico tom azulado.

O planeta Urano é formado principalmente por gases. Ele é bastante desconhecido pela ciência. Há em Urano, assim como nos outros planetas gasosos, um sistema de anéis. Também possui diversos satélites naturais. A luminosidade solar chega de forma bastante diminuta à sua superfície. Esse planeta é conhecido por seu tom azulado devido aos gases da sua atmosfera.

→ Netuno

Representação do planeta Netuno.
 Netuno é o planeta mais distante do Sol.

Netuno é o mais distante do Sol entre todos os planetas do Sistema Solar. Sua estrutura é formada predominantemente por gases. Esse planeta possui um complexo sistema de satélites e também tem anéis que o circundam. Suas temperaturas são extremamente baixas. Também possui baixa luminosidade e é pouco conhecido pela ciência.

Tipos de planetas

Os oito planetas do Sistema Solar são divididos conforme a sua formação e a sua constituição. Eles são classificados em dois grandes grupos:

  • Telúricos, terrestres ou rochosos: formado por Mercúrio, Vênus, Terra e Marte. Esse grupo possui como característica comum a sua constituição predominantemente formada por rochas e minerais. Eles também são os planetas mais próximos do Sol.
  • Jovianos, gigantes ou gasosos: composto por Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Esse agrupamento tem como semelhança em comum a sua constituição formada principalmente por gases. Estão mais distantes do Sol.

Movimento dos planetas

Os planetas do Sistema Solar realizam diversos movimentos, seja em torno do seu próprio eixo, seja em torno do Sol. Os dois principais movimentos planetários são:

  • Movimento de rotação: é realizado pelo planeta em torno do seu próprio eixo. O planeta Terra realiza o movimento rotacional com duração aproximada de um dia civil.
  • Movimento de translaçãoé realizado pelo planeta em torno do Sol. O planeta Terra realiza uma volta no Sol, chamada translação, com duração próxima de um ano civil.

Plutão é um planeta?

O planeta-anão Plutão era considerado um planeta até o ano de 2006. A partir de então, por meio de estudos astronômicos, a União Astronômica Internacional (UAI) optou por rebaixá-lo à categoria planeta-anão em razão do seu tamanho reduzido. Portanto, desde 2006, o Sistema Solar conta com apenas oito planetas.

Representação do planeta-anão Plutão.
Atualmente, Plutão é classificado como planeta-anão.

Curiosidades sobre os planetas do Sistema Solar

  • O planeta Mercúrio é o que apresenta a menor dimensão entre os oito planetas do Sistema Solar.
  • O planeta Vênus é conhecido como Estrela d’Alva por causa da sua grande luminosidade vista da Terra.
  • O planeta Terra é formado por três camadas internas, que possuem características distintas. São elas: crosta terrestre, manto e núcleo.
  • O planeta Netuno foi o último a ser descoberto entre os atuais oito planetas que compõem o Sistema Solar
  • O movimento de rotação em Vênus é realizado de forma retrógrada, ou seja, de maneira diferente dos demais planetas do Sistema Solar.
  • Além dos planetas, o Sistema Solar possui diversos outros corpos celestes, como os planetas-anões. Os dois principais são Ceres e Plutão.

Saiba também: https://leiaeaprenda.com/como-surgiu-o-universo-teoria-do-big-bang

Exercícios resolvidos sobre os planetas do Sistema Solar

Questão 1

(UCPEL – 2017) Cientistas dizem ter evidências da existência de um novo planeta no Sistema Solar. Desde o rebaixamento de Plutão, o Sistema Solar passou a contar com oito planetas. Entretanto, com a suposta existência de um novo planeta, voltaria a ter nove. Em estudo publicado no periódico Astronomical Journal, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, os cientistas demonstram, por meio de modelos matemáticos e simulações de computadores, as conclusões de sua pesquisa. Entretanto, ainda não foi possível a observação direta do chamado “Planeta Nove”. Com relação aos planetas integrantes do Sistema Solar, é correto afirmar que

A) Marte é um planeta do tipo terrestre ou telúrico, é conhecido como Estrela d’Alva ou estrela da manhã, e, por sua característica brilhante, pode ser visto durante o dia.

B) Júpiter é o último (a partir do Sol) dos planetas rochosos, aparece como uma “estrela de fogo” à noite, possui calotas polares que contêm água.

C) Urano é conhecido como o Planeta Azul, mas não pela presença de água e sim pelo gás metano, possui 13 luas.

D) Saturno é outro dos planetas rochosos, composto basicamente de hidrogênio e hélio, caracterizado pela existência de anéis formados por seus satélites.

E) Mercúrio é o menor e o mais interno planeta do Sistema Solar, tem uma aparência similar à da Lua, com crateras de impacto e planícies lisas, não possui satélites naturais.

Resolução:

Alternativa E

O planeta Mercúrio é o mais próximo do Sol. Ele apresenta uma estrutura rochosa marcada por grandes crateras que são fruto de colisões com objetos celestes diversos. Mercúrio é o menor em tamanho do Sistema Solar e não possui satélites naturais.

Questão 2

(Unemat – 2017) Os dois principais movimentos executados pelo planeta Terra são rotação e translação. O entendimento sobre seus mecanismos de funcionamento é de extrema importância porque, na dinâmica de seus funcionamentos, eles provocam consequências que repercutem diretamente no modo como as sociedades se organizam e produzem o seu espaço. Respectivamente, esses movimentos provocam as seguintes consequências diretas no espaço geográfico do planeta Terra:

A) Os diferentes fusos horários no planeta Terra, a alternância de dias e noites e as diferentes estações do ano; consequentemente, influenciam a distribuição de luz solar na Terra e os seus diferentes tipos climáticos.

B) O movimento das placas tectônicas, a alternância de diferentes latitudes e o controle da entrada e saída de energia solar no planeta Terra; consequentemente, atuam diretamente para o aumento do aquecimento global.

C) Os diferentes fusos horários, a alternância de diferentes latitudes e o controle da emissão e propagação dos gases poluentes no planeta Terra; consequentemente, influenciam diretamente no chamado efeito estufa.

D) O movimento das placas tectônicas, as diferentes estações do ano e o controle das diferentes latitudes no planeta Terra; consequentemente, influenciam nos “abalos sísmicos” que ocorrem ao norte e ao sul do paralelo do Equador.

E) As diferentes estações do ano, a alternância de diferentes latitudes e o controle da emissão e dispersão de gases poluentes no planeta Terra; consequentemente, influenciam diretamente no aumento do efeito estufa nas terras localizadas próximo ao paralelo do Equador.

Resolução:

Alternativa A

Os movimentos de rotação e translação terrestre provocam diversas consequências, com destaque para a sucessão dos dias e das noites e a sucessão dos anos. Além delas, destaca-se a ocorrência das estações do ano, a delimitação dos fusos horários e a influência no padrão climático global.  

Leave a Response