Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Geografia

Problemas Demográficos Atuais em Moçambique: Causas e consequências

256views

Demografia – é um ramo de geografia que estuda a população, sua dinâmica, distribuição e crescimento.

Os Problemas demográficos são: alimentação, Habitação, Educação, Desemprego e Saúde.

Alimentação

A alimentação é fundamental para a qualidade de vida das populações. A falta de alimentação pode provocar desnutrição crónica nas crianças, compromete o sistema imunológico que combate várias doenças no organismo; mortalidade infantil.

Habitação

Um dos problemas que população enfrenta e habitação maioria das pessoas vivem em casas precárias, com espaços pequenas sem condições de higiene e superlotadas. Esta situação facilita a propagação de doenças e destruição das casas em casos de ventos fortes, inundações, etc.

Educação

A educação é um problema para a maioria das populações que vivem nos países em desenvolvimento, pois o acesso ainda não é universal devido às altas taxas de natalidade e fraca rede escolar.

Desemprego

A falta de emprego tem como consequências a fome, marginalidade, violência, criminalidade, mortes, muitas crianças ficam desnutridas.

Saúde

A falta de condições nos países em desenvolvimento não se limita apenas às carências individuais mas também à incapacidade dos governos alargarem, com maior rapidez, a rede sanitária e a formação de quadros de saúde suficientes para a população numerosa.

O superpovoamento

O superpovoamento é devido a explosão demográfica, sobretudo no continente africano e nas médias e grandes cidades mundiais. Fala-se de superpovoamento quando o país não está em condições de assegurar as necessidades dos seus habitantes.

As guerras

Uma das causas das elevadas taxas de mortalidade são as guerras entre as nações, tribais e políticas. Em termos económicos muitos países contraíram muitas dívidas por despesas militares.

Fome, pobreza e miséria

Muitos países em via de desenvolvimento enfrentam muitos problemas de miséria devido a ausência de políticas agrárias claras, calamidades naturais e desastres naturais. A fome é a responsável pelas doenças como marasmo, raquitismo e anemia.

O conceito pobreza é de difícil definição porque a pobreza pode ser relativa ou absoluta. A pobreza relativa significa que certos países são menos ricos que os outros, por outra, certos cidadãos conhecem uma abundância menor que a de seus vizinhos.

Degradação dos recursos

Actualmente, devido ao superpovoamento, a sobreposição sobre os recursos naturais (florestas, recursos hídricos, solos e meio ambiente). Também, há sobreposição de infra-estruturas sociais como sobre edifícios, estradas, hotéis, escolas, hospitais.

Causas e consequências

São consequências de problemas demográficos a abertura de vastas áreas de cultivos a construção de novas casas e infra-estruturas no campo e na cidade, contribuindo na destruição de espécies vegetais e animais e consequente alteração de todo espaço geográfico, poluição da água, atmosfera, o derramamento de combustíveis nas estradas e nos centros urbanos.

A população e Meio ambiente

A maioria da população nos países menos desenvolvidos, devido à prática da agricultura tradicional, vive no campo onde geralmente encontramos casas de construção precária feitas maioritariamente de estacas, palha, barro, madeira, entre outros. Este tipo de habitação, não engloba serviços de abastecimento de água, iluminação doméstica e saneamento. Tendo a Natureza como um dos meios de reciclagem dos seus resíduos, que por sinal são maioritariamente de origem orgânica produzidos nas grandes cidades industriais.

Benney Muhacha

Leave a Response