Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Historia do Brasil

Primeira Guerra Mundial: Quais países participaram da Primeira Guerra Mundial?

248views

Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito ocorrido entre 1914 e 1918 que envolveu vários países e terminou com a assinatura do Tratado de Versalhes, em 1919.

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito envolvendo vários países entre 1914 e 1918, na Europa. As origens remontam a meados do século XIX, quando as grandes potências europeias disputavam entre si mercado consumidor, matéria-prima e metais preciosos na Ásia e na África. Essa disputa levou à corrida armamentista, ou seja, investimento em armamentos potentes caso houvesse enfrentamento entre essas potências.

Essa guerra se encerrou logo após a assinatura do Tratado de Versalhes, em 1919. O domínio europeu sobre o mundo deixou grandes consequências, como a ascensão dos Estados Unidos como maior país capitalista e o surgimento do nazifascismo na Alemanha e na Itália.

Resumo
A Primeira Guerra Mundial foi um conflito envolvendo vários países entre 1914 e 1918.

Desde o século XIX, as potências europeias rivalizavam o domínio das novas colônias na Ásia e África, o que gerou a corrida armamentista. A Paz Armada significou o investimento em armamentos no período anterior à guerra. Duas alianças foram formandas na guerra: Tríplice Aliança (Alemanha, Itália e Império Austro-Húngaro) e Tríplice Entente (Estados Unidos, Rússia, França e Inglaterra).

O Brasil participou da guerra após submarinos alemães afundarem navios brasileiros e enviou para a Tríplice Entente auxílio médico e humanitário. As consequências da guerra foram a Alemanha sendo acusada de ser a grande culpada pelo conflito, o domínio dos Estados Unidos e o fim da Era dos Impérios. A Segunda Guerra Mundial retomou alguns resquícios deixados pela Primeira Guerra Mundial, como a vingança de Adolf Hitler contra os termos do Tratado de Versalhes.

Antecedentes e motivos da Primeira Guerra Mundial
Em meados do século XIX, a Europa atravessava a segunda fase da Revolução Industrial, quando outros países passavam pelo processo de industrialização. As unificações alemã e italiana, ocorridas no mesmo período, acirraram a concorrência dessas potências para expandir o domínio econômico em outras regiões, como a Ásia e a África. Essas unificações se deram por meio de guerras entre as nações europeias.

O neoimperialismo foi o domínio europeu sobre o continente asiático e africano. Além das questões econômicas, a cultura foi outro fator importante para o domínio europeu nesses continentes. A Europa representava o desenvolvimento e o progresso, enquanto a África e a Ásia era consideradas “inferiores” e necessitavam desse domínio externo para aderir à civilização.

O lucro obtido nessa exploração possibilitou às potências europeias grande investimento na produção de armas de guerra, tendo em vista que o neoimperialismo acirrou as disputas entre elas. Outra área que recebeu investimentos foi a cultura, por isso o período anterior à Primeira Guerra Mundial é denominado Belle Époque, ou seja, “bela época”, quando a Europa era a maior referência na produção cultural.

Com o êxito econômico e o surgimento de outros países, como Alemanha e Itália, os nacionalismos ganharam força na Europa. Por conta disso, cada nação se via como soberana, enquanto as demais eram ameaças ao seu desenvolvimento.

O estopim da Primeira Guerra Mundial aconteceu em 28 de junho de 1914, quando o arquiduque do Império Austro-Húngaro, Francisco Ferdinando, e sua esposa, Sophie, foram assassinados enquanto desfilavam pelas ruas da cidade de Sarajevo, na Bósnia. Naquela época, o território era dominado pelos austríacos e vários grupos clandestinos surgiram para lutar em favor da independência. Um desses grupos era o “Mão Negra”, do qual Gravilo Princip, autor dos disparos que mataram Ferdinando e Sophie, fazia parte. Esse grupo tinha ligação com a Sérvia. Logo após o atentado, o Império Austro-Húngaro declarou guerra à Sérvia, e o que era para ser uma guerra punitiva se tornou uma guerra mundial. A Alemanha, aliada dos austríacos, ofereceu apoiou militar. Por sua vez, a Sérvia era aliada da Rússia e da França, que ficaram do lado dos sérvios.

Quais países participaram da Primeira Guerra Mundial?
No período anterior à Primeira Guerra Mundial, ocorreu a política de alianças, que consistia em acordos diplomáticos feitos entre países em caso de ataque militar. Essa política foi determinante na formação das duas tríplices que entraram em conflito a partir de 1914:

1) Tríplice Aliança:

Alemanha

Itália

Império Austro-Húngaro

Império Otomano

2) Tríplice Entente:

Estados Unidos

Rússia

França

Inglaterra

Cabe ressaltar que, em 1917, ocorreu uma modificação que foi determinante para a vitória da Entente na guerra. Por conta da Revolução Bolchevique, os russos se retiraram das trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Já os Estados Unidos entraram no conflito logo após um submarino alemão afundar um navio norte-americano.

Quais foram as fases da Primeira Guerra Mundial?
Guerra de Movimento
A Guerra de Movimento foi a primeira fase da guerra e aconteceu em 1914. Os alemães conquistaram territórios franceses logo após a invasão da Bélgica. Enquanto o inimigo marchava para Paris, o governo francês transferiu a capital para Bordeaux. Porém, a França conseguiu bloquear o avanço da Alemanha em setembro daquele ano.

Nesse período, ocorreu a “trégua de Natal”. Na região de Ypres, os soldados que estavam nas trincheiras cessaram os conflitos em dezembro de 1914, por ocasião da véspera de Natal. Os soldados aproveitaram essa trégua para confraternizar entre si e com os inimigos que estavam do outro lado da trincheira. Além do clima festivo, houve troca de alimentos e cigarros. Porém, acabado o clima festivo, as tropas voltaram à guerra. Para saber mais, leia: Trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial.

  • Guerra de Posições

A segunda fase e a mais duradoura da Primeira Guerra Mundial ocorreu entre 1914 e 1918. Foi o período em que os países adotaram estratégias militares baseadas no avanço territorial e na ampliação das trincheiras, que eram valas abertas no solo onde os soldados se abrigavam e atacavam os inimigos. Foi nesse período que a Rússia saiu da guerra, por conta da Revolução Bolchevique, e os Estados Unidos entraram, logo após ataque alemão.

  • Ofensivas de 1918

Já próximo ao final da guerra, começou a ofensiva de 1918. Nessa última fase, os países utilizaram novos armamentos, como o tanque e os aviões de caça para bombardeios, além do aumento do efetivo por conta da entrada dos norte-americanos no front. A Alemanha não tinha mais forças para reagir aos ataques da Tríplice Entente e, no final do ano, se rendeu.

Leave a Response