Quarta-feira, Dezembro 7, 2022
Saúde

Plantas medicinais: Alho, Cebola e Cajueiro

Plantas medicinais
Plantas medicinais
115views

Existem muitas plantas com propriedades curativas. Alguns dos melhores medicamentos modernos são feitos a partir de plantas silvestres.
No entanto, nem todas as plantas medicinais que as pessoas usam funcionam. Outras, apesar de funcionarem, são usadas de maneira errada. É necessário investigar e aprender sobre as propriedades das plantas da área onde se vive e ficar a saber quais são as que funcionam bem.

CUIDADO! Algumas plantas medicinais podem ser muito venenosas quando se excede a dose recomendada. Por essa razão, muitas vezes, é melhor usar medicamentos modernos, uma vez que a dose é mais fácil de controlar e já foram estudados.
Aqui estão alguns exemplos de plantas que podem ser úteis se forem usadas correctamente:

Alho ;Usos
O alho é usado para problemas da pele, comichão, candidíase, dor do ouvido, febre, tosse, náuseas,
flatulência (gases), diarreia. Uma bebida feita com alho pode muitas vezes ajudar a eliminar os parasitas
intestinais, conhecidos como oxiúros (vermes em linha).
Deve-se sempre consumir perto das refeições para não criar problemas do estômago.

Preparação e dose
Verme em linha ou diarreia
1. Cortar fininho, ou esmagar, 4 dentes de alho e misturar com um copo de
líquido (água, sumo ou leite).
Ou
2. Misturar 1 a 3 dentes de alho com 1 copo de água, ferver num mínimo de 10
minutos num recipiente tapado. Deixar arrefecer.
Para os oxiúros (verme em linha) – beber 1 copo por dia durante 3 semanas.
Para a diarreia – beber 1 copo de 2 em 2 horas até a diarreia passar, continuando a comer e a beber outros líquidos.

Tosse
Esmagar 9 dentes de alho, acrescentar o sumo de 1 limão e 1 ou 2 colheres de sopa de mel.
Para crianças – 1 colher de chá desta mistura, 3 vezes/dia;

Para adultos – 1 colher de sopa, 3 vezes por dia.

Atenção: Para bebés com menos de 1 ano usar açúcar em vez de mel.

Problemas da pele, comichão e candidíase
Descascar e lavar bem 1 a 3 dentes de alho e pilar.
Aplicar na zona afectada 2 vezes por dia. Se depois duma semana o problema não passa, encaminhar para a unidade sanitária mais próxima.

Cebola:Usos
A cebola é boa para quem tem tosse e pode ser usada em alguns problemas da pele.
Preparação e dose
Tosse
Preparar o xarope de cebola
Também se pode cozer a cebola e comer e beber o caldo. Recomenda-se 2 a 3 cebolas por dia, juntamente com o seu caldo. Com o caldo também se pode gargarejar.

A cebola também pode ser consumida sob a forma de sumo fresco: esmaga-se bem a cebola, mistura-se com sumo de limão e mel e toma-se às colheres.
Crianças com 1 ano, ou mais: 1 colher de chá, 3 a 4 vezes por dia.
Atenção: Para bebés com menos de 1 ano, usar açúcar em vez de mel.
Adultos: 1-2 colheres de sopa, 3 a 4 vezes por dia.
Cataplasma (penso húmido)
Coze-se a cebola, estende-se aos pedaços num pano bem limpo e aplica-se localmente. Também se pode aplicar, directamente, as cascas grossas de cebola cozida sobre a pele.

Feridas, furúnculos, abcessos e queimaduras

Aplica-se a cebola esmagada em forma de cataplasma. Para fazer “amadurecer” os abcessos, pode-se aplicar uma cataplasma quente de cebola cozida ou assada.

Cajueiro
Outros nomes
Carosso (Zambézia), Corosso (Niassa),
Dingaloche, Encuajo (Cabo Delgado),
Khanju (Maputo – Ronga), Mucado (Nampula)

Usos: Diarreias
Preparação e dose
Diarreia no adulto
Ferve-se 1 litro de água e depois colocam-se na água já fervida, durante 10 minutos com a panela tapada, 4 a 5 folhas novas e 3 a 4 pedaços pequenos de casca do tronco do cajueiro. Bebe-se 1 chávena desse chá, 3 vezes por dia, ao mesmo tempo que se bebe outros líquidos à vontade.

Leave a Response