Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Biologia

Origem do Homem-Cronologia Geral da Evolução do Homem

102views

Aspectos Gerais

O homem e o macaco tem antepassados comuns;

Ambos pertencem a ordem dos primatas e as características principais são:

a) Mamíferos tipicamente arborícolas;

b) Mãos e pés munidos de 5 dedos apreensores de objectos, com unhas e não garras e com grande sensibilidade tactíl na face palmar dos dedos;

c) Polegar oponível aos restantes dedos;

d) Encéfalo relativamente volumoso;

e) Glândulas mamárias em posição peitoral;

f) Actividade sexual continua.

Diferenças entre o Homem e outros Animais

a) Qualidade de inteligência superior;

b) Elevado poder de comunicação;

c) Linguagem articulada;

d) Faculdades de fabricar e manejar instrumentos.

Modificações que ocorrem no Homem ligadas `a posição bípede

  • Buraco occipital no centro da base do crânio
  • Coluna vertebral em forma de ‘ S’ vertical
  • Alongamento dos membros inferiores
  • Desenvolvimento dos Glúteos e gémeos

Evolução dos Hominídeos

Factores da Antropogénese

Do Ramapithecus ao Homo Sapiens Sapiens

1.Ramapithecus

a) Posição bípede ainda muito curvado;

b) Pragmatismo facial;

c) Arco dental com caninos e incisivos com inserção parabólica;

d) Vida em hordas;

e) Utilização dos objectos.

2.Australopithecus – 500 a.c

a) Posição bípede;

b) Posição erecta;

c) Bacia humana;

d) Testa ausente;

e) Caça e hordas;

f) Utilização de instrumentos primitivos.

3.Homo Erectus (Homem de Java ou de Pequim) 800-1300 a.c

a) Superior capacidade craniana;

b) Fortes saliências;

c) Sem queixo definido;

d) Caça e recolha de restos vegetais;

e) Vida de cavernas;

f) Fabrico de instrumentos de pedra;

g) Utilização ocasional do fogo.

4.Homo Neanderthalensis (Neanderthal)

a) Corpo forte (membros e músculos);

b) Maior capacidade craniana;

c) Fabrico de instrumentos especializados de pedra e Madeira;

d) Produção do fogo;

e) Vida em cavernas e rituais de caça;

f) Cerimónias fúnebre (enterravam os mortos);

5.Homo Sapiens Sapiens

a) Maior capacidade craniana, com maior número de circunvoluções cerebrais

b) Testa lata

c) Redução das arcadas superciliares

d) Saliências do queixo

e) Postura erecta e alta

f) Produção de instrumentos mais aperfeiçoados

g) Actividades ligadas a pastorícia e á agricultura

h) Pinturas nas paredes das cavernas (arte rupestre)

Lugar do Homem na Natureza

  1. Reino: Animália – Organismo usualmente móvel que ingerem alimentos.
  2. Filo: Chordata – Animal com simetria bilateral, corda dorsal e tubo neural em posição dorsal.
  1. Sub-Filo: Vertebrata – Animal com esqueleto interno ósseo ou cartilagíneo e espiral medula com cérebro na extremidade anterior.
  1. Classe: Mammalia – Animal de sangue quente, coberto de pêlos, que amamentam as suas crias.
  1. Sub-Classe: Theria – Mamífero vivíparo, os seus embriões desenvolvem-se ligados ao corpo materno por uma estrutura chamada placenta.
  1. Ordem: Primata – Animal essencialmente arborícola, com capacidade de preensão devido á oponibilidade do polegar aos outros dedos. Tem unhas em vez de garras, num ou em mais dos seus dedos.
  1. Sub-Ordem: Anthropoidea – Primatas mais evoluídos, com grande controle dos dedos e grande capacidade de aprendizagem e estrutura dental característica.
  1. Superfamília: Hominídea – Primatas sem cauda e com grande liberdade de movimentos dos membros superiores.
  1. Família: Hominídae – Primatas terrestres, bípede e capaz de fabricar instrumentos
  2. Género: Homo – Homem modernos e seus ancestrais imediatos.
  3. Espécie: Homo Sapiens – Modernas populações humanas do período pós-glacial e algumas mais antigas.
  1. Sub-Espécie: Homo Sapiens Sapiens – Homem actual.

Raças Humanas

O termo “raça” indica, de modo geral, grupos de pessoas que têm características físicas em comum: cor de pele, estatura corporal, estatura craniana, etc..

Às vezes, a essas particularidades objectivas são associadas supostas características morais e psicológicas. Essa falsa premissa é utilizada para considerar algumas raças superiores e outras inferiores, justificando o domínio de uma raça sobre outra. É nisso que se apoia o racismo.

Todo homem carrega a forma inteira da condição humana, ou seja, raça não é mais do que a condição humana. Fora disso, como existem linhas morfológicas, permitem à antropologia física classificar os grandes grupos humanos com “europóide” (branca), “mongolóides” (amarela) e “negróide” (negra).

O que existe é a diversidade das linhas morfológicas da “raça humana” em função da adaptação territorial e a diversidade dos modos pelos quais cada grupo humano relaciona-se com o seu real, ou seja, a diversidade das culturas. A diferença dita étnica resulta de uma combinação de linhas morfológicas com singularidades linguísticas e culturais.

Em várias partes do mundo existe ainda a segregação racial, isto é, uma parte da população vive de alguma forma separada dos demais. A intolerância para sinais de diversidade como cor da pele, religião, hábitos de vida e lugar de origem contínua a causar problemas para milhões de pessoas.

Leave a Response