Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Historia

O Que é Telégrafo?Origem , História , Tipos do telégrafo e Código de Morse.

664views

O que é 

O telégrafo é um sistema concebido para transmitir mensagens de um ponto para outro em grandes distâncias, utilizando códigos para a rápida e confiável transmissão. As mensagens eram transmitidas através de um sistema composto por fios.

Origem e História do telégrafo

Telégrafo é um sistema que foi criado em meados do século XVIII com o objetivo de transmitir mensagens de um ponto para o outro, através de grandes distâncias.

Os telégrafos usavam códigos para que a informação fosse transmitida de forma confiável e rápida. O principal código utilizado pelos telégrafos foi o código Morse, que surgiu com a criação de telégrafo elétrico na década de 1830. Samuel Morse criou e registrou a patente do telégrafo no ano de 1837. Foi a partir dai que esse meio de comunicação se popularizou e passou a ser usado em diversos países.

O telégrafo foi o principal sistema de comunicação a longa distância nos séculos XIX e começo do século XX. Foi muito utilizado por indústrias, governos e até mesmo pelas forças armadas de diversos países em momentos de guerra.

Quando deixou de ser usado?

Com o surgimento e disseminação do telefone, principalmente na primeira metade do século XX, o telégrafo foi sendo preterido.

Curiosidade:

No dia 1 de janeiro de 1845, Samuel Morse e Alfred Vail (colaborou no desenvolvimento e comercialização do telégrafo) inauguraram a primeira linha de telégrafos dos Estados Unidos entre as cidades de Washington e Baltimore.

O telégrafo de Chappe

Dentre as muitas invenções que visavam à telecomunicação, destaca-se o telégrafo óptico desenvolvido pelo francês Claude Chappe (1763-1805) em 1790.

telégrafo de Chappe utilizava um sistema de braços articulados colocados em torres, separados uns dos outros por distâncias que variavam entre 5 km e 15 km e situados em regiões elevadas, de maneira que, de cada torre, era possível visualizar a próxima e a anterior.

As posições distintas dos braços representavam símbolos de um código preestabelecido que correspondiam a palavras. Dessa forma, podiam-se enviar mensagens de uma torre para outra sucessivamente.

Essa invenção foi consolidada com a instalação de um telégrafo óptico entre Paris e Toulon, formado por 120 torres.

O telégrafo de Morse

Durante o século XIX, foram realizadas as primeiras tentativas de transmitir informação através da comente elétrica, impulsionadas pelo grande desenvolvimento do eletromagnetismo. Assim em 1835, Samuel Morse (1791-1872) projetou o primeiro telégrafo elétrico.

Como funciona

A ideia era simples: o aparelho dispunha de um transmissor, que consistia em um manipulador com capacidade para abrir e fechar um circuito elétrico de forma intermitente. Ao fechar o circuito elétrico, uma corrente elétrica circulava pelo transmissor.

Essa corrente ativava um eletroímã, o qual atuava como um receptor. Ao ser ativado, o eletroímã atraía uma peça móvel que, ao movimentar-se, atingia uma fita de papel e imprimia sobre ela um sinal.

A distância através da qual a informação podia viajar dependia do comprimento do cabo que unia o locutor ao locutário.

Foto do telégrafo inventado por Morse
Telégrafo de Morse (1835). As extremidades da alavanca atingem a fita de papel, que vai se desenrolando com o auxílio do movimento de uma roda.

O código Morse

Morse inventou também um código para transmitir a informação através de seu telégrafo, o código Morse, O código utiliza pontos e linhas para representar as letras e os números da linguagem escrita As linhas correspondem à recepção de um sinal de longa duração, e o ponto, a um sinal de curta duração.

A combinação de pontos e linhas, ou seja, de sinais elétricos de longa e curta duração, permite transmitir qualquer tipo de mensagem escrita. A mensagem assim transmitida recebe o nome de telegrama.

A invenção de Morse obteve grande êxito, pois permitia a comunicação à distância de maneira rápida e eficaz.

A primeira linha telegráfica foi implantada nos Estados Unidos, entre Baltimore e Washington. O uso do telégrafo difundiu-se rapidamente pelo resto do mundo, e em meados do século XIX a primeira linha telegráfica submarina foi instalada no Atlântico.

Como eram representadas as letras e os números no código Morse.

Como fazer um telégrafo

Para a construção de um telégrafo, será adotado um projeto parecido com o da figura abaixo. A linha de transmissão será um cabo duplo largo que irá da mesa que atuará como estação emissora até a mesa que fará as vezes da estação receptora.

Como fazer um telégrafo.

Não será utilizado um rolo de papel, e sim uma lâmpada, que emitirá lampejos:

  • se o manipulador da estação transmissora emitir um pulso rápido, a lâmpada da estação receptora iluminar-se-á com um lampejo curto, o que significará um ponto no código Morse;
  • se, ao contrário, efetuar-se um pulso mais longo, a lâmpada iluminar-se-á durante um tempo maior, o que corresponderá a uma linha.

Os materiais necessários para a construção desse telégrafo, além do fio elétrico encapado com material isolante, serão: um relé eletromagnético, duas pilhas alcalinas de 4,5 V, um manipulador elétrico, uma resistência de 100 O e uma lâmpada com bocal. Possivelmente, em alguns dos materiais, será necessário soldar com estanho o cabo aos terminais e, para isso, um soldador elétrico também deverá ser utilizado.

Atenção: Essa atividade não deve ser realizada sem os respectivos equipamentos de segurança.

VEJA MAIS EM: Leia e aprenda.com

Leave a Response