Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Saúde

Intoxicação por pesticidas

44views

Os pesticidas são químicos usados para matar certas plantas (herbicidas), fungos (fungicidas), insectos (insecticidas) ou outros animais (por exemplo, veneno para ratos). O uso inadequado de pesticidas é um grande problema nos países em desenvolvimento.

Os pesticidas são perigosos e podem causar problemas graves para a saúde. Também podem ser prejudiciais para o meio ambiente. Por isso devem ser usados com muito cuidado.
Os pesticidas são extremamente perigosos. Os camponeses utilizam-nos muitas vezes, sem saber quais
os seus riscos, ou como se devem proteger. Por isso, muitas pessoas fi cam doentes, cegas, estéreis, paralíticas, ou as crianças podem nascer com defeitos. Trabalhar com pesticidas, ou comer alimentos pulverizados ou contaminados acidentalmente por eles pode, por vezes, causar cancro.

No início, os químicos usados para matar insectos e pragas, permitem ao agricultor obter colheitas
mais produtivas. Mas hoje já se verifi ca que, muitas vezes, as sementeiras tratadas com pesticidas acabam
por produzir colheitas mais pequenas do que as que não foram tratadas com pesticidas. Isto acontece porque os pesticidas também matam os pássaros e os insectos “bons” que controlam as pragas de forma
natural e que são proveitosos para a terra.

À medida que os insectos e as pragas se tornam resistentes aos pesticidas, é necessário usar quantidades maiores, ou outros tipos mais tóxicos. Quando os agricultores usam estes químicos, acabam por depender deles.

Com o aumento da dependência dos agricultores em relação aos pesticidas e fertilizantes, os custos dos produtos agrícolas aumentam.
Para alguns trabalhadores rurais e suas famílias, o risco de serem intoxicados por pesticidas é alto. Alguns vivem perto dos campos pulverizados com pesticidas e o veneno pode facilmente penetrar nas casas ou contaminar a água. Isto é mais perigoso para as crianças, que podem fi car incapacitadas mesmo com
pequenas quantidades de pesticida.
Os trabalhadores que fazem a pulverização (a aplicação dos pesticidas) também correm risco.
Os pesticidas matam também os animais benéficos – como abelhas e minhocas.

A maioria dos pesticidas não desaparecem facilmente e não são solúveis na água. Por isso, quando contaminam os rios, lagos e fontes, vão se acumulando pondo em risco as comunidades que consomem a água e o peixe desses locais.
Trabalhadores rurais e as suas famílias que vivem em palhotas na periferia das machambas sofrem, muitas vezes, intoxicações por pesticidas. É necessário dar avisos e informações bem claras sobre o uso de pesticidas.

Exemplos de pesticidas perigosos:

  • Organoclorados: ex., DDT
  • Píretro e Piretrinas: Cypermetrina, Decametrina, Permetrina
  • Carbamatos: Carbaril, Carbofurão
  • Organofosfatos: Diazinão, Endosulfan, Fosfamidão, Isazofos, Malatião, Metidatião, Monocrotofos, Parathion, Phoxin, Profenofos, Triazofos
  • Herbicidas: Paraquat, Atrazina, Simazina, Fluometurão, Carbutilato, Tiazafurão, Ametrina, Prometrina, Terbutrina, Dimetametrina, Metolaclor, Propanos
  • Rodenticidas (servem para matar ratos): ex., Warfarina

É muito importante ler os rótulos dos recipientes dos pesticidas. Ler também, com atenção, as letras pequenas, porque o nome do pesticida pode não constar no nome comercial.
Cada produto tóxico deve vir rotulado com o nome químico, com sintomas que surgem em caso de intoxicação e com as normas de tratamento de pessoas intoxicadas.

Se a cor da faixa do rótulo for: Signififica que o produto é:

Vermelha -altamente tóxico

Amarela-moderadamente tóxico

Verde -ligeiramente tóxico

CUIDADO: Quando se maneja pesticidas, é necessário tomar as

seguintes precauções:

  • Vestir roupa protectora, cobrindo o corpo todo
  • Misturar os químicos e preparar o pulverizador com cuidado
  • Verifificar se o tanque do pulverizador não está roto
  • Trabalhar de costas para o vento para que o pó seja soprado para longe
  • Tomar banho e mudar de roupa imediatamente depois de pulverizar
  • Lavar as roupas depois de pulverizar
  • Marcar claramente os recipientes onde se encontram os pesticidas, e mantê-los fora do alcance das crianças. Nunca usar os recipientes de pesticida para comida ou água
  • Lavar as mãos antes de comer.

ATENÇÃO: É preciso garantir que as crianças e as mulheres grávidas  ou a amamentar fiquem longe do alcance de pesticidas.

Leave a Response