Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Geografia

Gasodutos e Oleodutos

42views

Os gasodutos e oleodutos , conhecidos igualmente por pipelines são modernas formas de transporte. Trata-se de condutas ou tubos que transportam sobretudo petróleo e gás, embora passam ser usados para outras substâncias. Os oleodutos conduzem o petróleo dos campos de produção para os terminais marítimos, de onde é transferindo para as refinarias.

Por seu turno, o gás natural, depois de processado, ou seja, transformando para o estado liquido, é enviado através de gasodutos para os grandes consumidores industriais.

Os oleodutos e gasodutos apresentam normalmente custos mis reduzidos do que os transportes tradicionais e, em certa medida, são mais seguros e menos poluentes. Também não estão sujeitos às contingências atmosféricas.

Como principais inconvenientes, podem ser mencionadas: custos elevados de construção; dificuldades de armazenamento, ou seja, de alteração da capacidade de escoamento; rigidez dos trajectos.

Em qualquer operação de transporte, devem ser levados em conta os seguintes factores: carga transportada (quantidade, peso e valor), distancia a ser percorrida e tempo de percurso. As unidades físicas utilizadas são passageiros por quilómetro e tonelada por quilómetro.

Em função do volume e tipo de carga, podemos destacar que:

– para cargas de grande volume, mas de baixo valor unitário (minérios), dá-se preferência aos transportes ferroviários e aquáticos;

– para cargas de pequeno volume, mas de alto valor unitário (ouro, jóias), a preferência recai nos transportes de maior rapidez e segurança (o aéreos, por exemplo);

– para cargas de produtos perecíveis, a preferência é dada também aos transportes de maior rapidez.

Nos países desenvolvidos, o transporte de mercadorias é feito predominantemente por meio de ferrovias e hidrovias. Esses transportes proporcionam uma maior capacidade de carga e são muito mais económicos.

Leave a Response