Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Saúde

Formas de comer melhor quando não  se tem terra, nem muito dinheiro

74views

Existem muitas causas de fome e duma alimentação fraca. Uma das principais  causas é a pobreza. Em muitas partes do mundo, a maior parte da riqueza e das  terras pertence a poucas pessoas. Os donos da terra podem decidir semear culturas como o tabaco ou o algodão, que não se podem comer e que são vendidas  para fazer dinheiro.

Por vezes, os proprietários da terra permitem que os trabalhadores pobres  cultivem uma pequena parcela de terreno emprestado, acontecendo muitas vezes que no final da colheita ainda queiram fifi car com uma parte da mesma. Veja sobre :Dores nas articulações (artrite/reumatismo)

O problema da fome e da malnutrição nunca vai ser completamente resolvido, enquanto não for possível uma partilha justa entre as pessoas.

Leia mais sobre:Reabilitação nutricional

Apesar dos problemas, existem muitas coisas que as pessoas podem fazer para  comerem melhor e duma forma barata. Se toda a comunidade trabalhar em conjunto e em cooperação, muito pode ser feito para melhorar a nutrição.

Métodos agrícolas melhorados: usar a irrigação, colheitas rotativas, viveiros  de peixe, colmeias para mel e hortas junto da casa. Quando, na localidade,  existem extensionistas da agricultura, estes podem aconselhar e ajudar a implementar estes métodos.

Armazenar melhor as culturas colhidas, depois de as secar ao sol: o milho, o amendoim, a castanha de caju e todos  os tipos de feijões e cereais, devem  ser muito bem secos ao sol, antes de serem armazenados. Depois, devem ser  postos num lugar seco e com ventilação,  protegidos dos insectos e dos roedores, e  guardados em sacos, garrafas ou vasilhas  de barro. O milho e o amendoim, depois  de serem armazenados, facilmente ficam com bolor (fungos), a não ser que sejam  muito bem secos e mantidos em lugar  seco, até que sejam consumidos.

O feijão e o amendoim são fáceis de secar e armazenar, por longos períodos,  e depois de armazenados podem-se separar e retirar os que fifi caram com bolor,  antes de preparar a comida para as crianças.

As carnes e os peixes podem ser conservados bem cozidos, salgados ou fumados, secos ao sol, ou preparados com vinagre para evitar a decomposição e a contaminação.

As frutas e hortícolas podem ser conservadas, secas ao sol e depois guardadas em sacos ou vasilhas de barro.

Melhorar o equilíbrio entre o tamanho da família e a quantidade de terra  disponível: pouco terreno só pode alimentar poucas pessoas. O planeamento  familiar pode ajudar a ter famílias pequenas. Mas isso leva tempo. As famílias  pobres procuram ter mais filhos, por considerarem que precisam de ter mais  mão-de-obra.

Somente quando a pobreza for vencida, as pessoas receberem ordenados justos e a terra for mais justamente redistribuída é que as comunidades pobres vão  querer ter famílias pequenas.

Gerir melhor o dinheiro: quando o dinheiro não é muito, é importante usá- lo prudentemente. Isto quer dizer cooperação entre a família e olhar para o  futuro. Muitas vezes o pai duma família pobre gasta o pouco dinheiro que  tem em bebidas alcoólicas e cigarros, em vez de comprar alimentos nutritivos,  uma galinha que ponha ovos, ou outra coisa que possa ajudar a melhorar a  saúde e a nutrição da família.

Saiba mais sobre :Malnutrição o que é ? Tipos de malnutrição:malnutrição ligeira, grave, marasmo, Kwshiorkor e kwashiorkor-marasmático.

Também há mães que compram doces ou refrescos para as suas crianças  quando poderiam gastar o mesmo dinheiro comprando amendoim, ovos, leite  ou outros alimentos nutritivos. Desta forma, as crianças podiam ser mais saudáveis com a mesma quantidade de dinheiro. É preciso conversar com as mães  sobre isto e ajudar a procurar soluções.

Saiba também sobre: Onde obter vitaminas e sais minerais:nos comprimidos, injecções e xaropes – ou nos alimentos?

SE VOCÊ QUER FILHOS SAUDÁVEIS E TEM POUCO DINHEIRO PARA LHES COMPRAR QUALQUER COISA…

Compre alimentos nutritivos

E NÃO refrescos !

Onde nao ha medico

Fonte: Fonte: David Werner, Carol Thuman, Jane Maxwell. Onde Não há Medico. Londres, 2009

Leia as nossas temáticas em : Leia e aprenda .com

Leave a Response