Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Saúde

Feridas infectadas: como reconhecer e tratar

40views

Uma ferida está infectada se: A infecção está a espalhar-se  para outras partes do corpo se:

  • está inchada, quente e
  • dolorosa,
  • tem pus,
  • tem mau cheiro.
  • causa febre,
  • há uma zona de inchaço à volta da ferida, e os gânglios linfáticos aumentam de volume e se tornam dolorosos.

Os gânglios linfáticos constituem pequenas “armadilhas” para os micróbios e formam pequenos caroços debaixo da pele, quando se infectam.

Gânglios aumentados (adenopatias) atrás do ouvido indicam geralmente uma infecção na cabeça ou no couro cabeludo, muitas vezes causada por feridas.

Gânglios aumentados abaixo do ouvido e no pescoço são sinal de infecção do ouvido, rosto ou cabeça (ou tuberculose).

Gânglios aumentados por baixo do queixo indicam infecção dos dentes ou garganta.

Gânglios aumentados nas axilas (sovacos) são sinal de infecção no braço, cabeça, ou mamas.

Gânglios aumentados na virilha indicam uma infecção na perna, no pé, nos genitais ou no ânus.

Tratamento das feridas infectadas:

  • Remover suturas que eventualmente tenham sido colocadas.
  • Lavar a ferida com água e sabão.
  • Desinfectar a ferida com cetrimida e clorexidina .
  • Colocar um penso.
  • Manter a zona infectada em repouso e em posição elevada (mais alta que o coração).
  • Se a infecção é grave, dar penicilina oral ou injectável

Se for possível obter mel puro, aplicar na ferida, para ajudar a sarar. O mel diminui o edema (inchaço) e ajuda a limpar a ferida.

Se, passados 2 dias, a ferida não melhorar ou se o doente tiver febre, este deve ser enviado para uma unidade sanitária com mais recursos.

Fonte: Fonte: David Werner, Carol Thuman, Jane Maxwell. Onde Não há Medico. Londres, 2009.

Leia as nossas temáticas em : Leia e aprenda .com

Leave a Response