Segunda-feira, Janeiro 30, 2023
Curiosidades

FATO INÉDITO NA IGREJA CATÓLICA MUNDIAL: PADRE MIGUEL NDUNDE, LIGA AO ESPOSO DA SUA AMANTE ELISA JOÃO, PARA EXIGIR TESTE DE DNA, ALEGANDO QUE OS FILHOS DELE SÃO SEUS.

195views
O Laboratório SACATINDI traz uma medonha história nunca visto dentro do sacerdócio a nível do mundo. Em Benguela, no seio dos flamingos ou dos homens vestidos de bata branca com a Bíblia e o terço nas mãos, a depravação sexual é o véu que os cega. É lamentável chegarmos a conclusão, que uma boa parte dos Padres Católicos de Benguela, in Angola, são ímpios temos provas que sustentam esta afirmação.
Porém, segue abaixo capítulo e versículo Bíblico para a meditação dos Padres. 1 Pedro 2:9-17
Há mais de 5 anos que o Padre Miguel Ndunde, mantém relacionamento amoroso com a jovem Elisa João, esposa do senhor Muteka, residente no bairro do autódromo em Benguela. A jovem tem três filhos; uma menina e dois rapazes. Porém, a Elisa, sempre disse ao Padre, que os dois rapazes são seus filhos legítimos. Mas, o esposo, só sabe que os três filhos são seus. Recentemente, a irmã mais velha do Padre Miguel, foi a casa da Elisa, visitar os “supostos” sobrinhos, a tia da Elisa de nome Linda, fez a questão de ligar ao sr MUTEKA, para informar o ocorrido. Como já desconfiava da situação, sr MUTEKA começou a seguir acerrimamente o Padre Miguel.
Segundo a fonte do Laboratório, numa noite o Padre Miguel, esteve com planos de ir a casa da Elisa, e por coincidência o senhor Muteka, seu marido estava em casa. Rapidamente Elisa, orientou ao seu sobrinho Carlinho e sua amiga Marina, residente no bairro do Mira Mar, para ligarem ao Padre, com intuito de não passar em casa. Após esta noite Elisa, proibiu completamente o Padre, de ir as noites á sua casa. Inconformado com a situação, Padre, pediu teste de paternidade (ADN) uma vez que as crianças estão a crescer. Elisa, contou o sucedido a sua amiga Mariana, essa aconselhou-a á começar com os tratamentos tradicionais, para deixar o Padre, mais calmo e obediente, com intuito de não perder a mesada das crianças.
Á vista disso, o Padre, comunicou aos seus colegas, e foi aconselhado abandonar o caso. Por teimosia, Padre Ndunde, solicitou ajuda do seu primo José, para reunir com a família da Elisa, mas a família deixou para outra ocasião. Como a Elisa, encontrava-se no Kuando Kubango a trabalhar… após o seu regresso à Benguela, primas e amigas aconselharam-na dizer o Padre, que os filhos não são seus, pois sr Muteka, construiu casa para ela e tem vindo a sustentar as crianças, ou seja; (entre o senhor MUTEKA e o Padre , quem banca mais é o Sr MUTEKA).
Assim, procedeu Elisa ao Padre, mas não surtiu efeito. O Padre insiste que vai lutar pela paternidade das crianças. Por outro lado a jovem Elisa, continua com os seus banhos nas casas obscuras do senhor “Kangwe”. E o Padre Miguel Ndunde, não parou quieto, ousadamente ligou ao Sr Muteka, e o informou que os filhos o pertencem e exige teste de paternidade. Senhor Muteka, reformado da linha férrea de Benguela, continua em silêncio, porque vive com a sua primeira mulher no bairro do Vimbalambe. Ao passo que, o Padre continua esperançoso e pretende levar o caso até as últimas instâncias. É por essa e por outras, que o Laboratório SACATINDI, afirma que os nossos Padres carecem de uma intervenção espiritual.
Obs- Ainda temos mais de 20 casos de Padres para trazer a ribalta, já que os mesmo têm vindo á mentir aos seus fies que nós estamos a caluniar os Sacerdotes. Se a Diocese não suspender esses padres, então nós Estaremos aqui para despertar o povo e descortinar a vossa nudez.
Fonte: É SACATINDI- Informações Além do Óbvio.
           É SACATINDI – Perito Judicial.

Leave a Response