Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Saúde

Como a fitoterapia pode ajudar a tratar a ansiedade e a insônia

Depressed upset young woman feeling hurt sad stressed troubled with unwanted pregnancy, regret mistake abortion, having headache or drug addiction, suffer from grief dramatic bad problem concept
51views

A ansiedade é um dos transtornos mentais que mais crescem no mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), somente no primeiro ano de pandemia, os casos de ansiedade aumentaram mais de 25%. Estima-se que hoje, vivam mais de 374 milhões de pessoas no mundo com ansiedade.

Um dos sintomas da ansiedade ou consequência dela é a insônia que é muito comum nos pacientes. “A ansiedade e a insônia se correlacionam: um gera e potencializa o outro”, conta Roberto Debski, médico clínico geral, homeopata e psicólogo.

Entendendo a relação entre insônia e ansiedade

A pessoa que possui ansiedade, frequentemente, tem sintomas como excesso de preocupação sobre o futuro, pessimismo, angústia, entre outros sintomas que podem também se manifestar em sensações físicas como tremores, mal-estar, falta de ar e palpitações. Por sua vez, a insônia pode levar a fadiga excessiva, cansaço, ansiedade, dificuldade de concentração, entre outros fatores. “Uma pessoa ansiosa pode levar essa ansiedade para a cama, gerando ou piorando a insônia”, conta o especialista.

Leia mais: Ansiedade (stress)- Conceito, sintomas e tratamento

Buscar ajuda é fundamental

O médico destaca que ambos os sintomas, de ansiedade e insônia, costumam aparecer juntos. Quando frequentes, devem ser avaliados por um profissional da saúde. “Procure o médico para uma avaliação, tanto para descobrir as causas dos sintomas, como também receber o tratamento adequado, que pode incluir psicoterapia e mudanças no estilo de vida”, conta. Entre essas mudanças estão a prática de atividade física, meditação, uma boa alimentação e, em alguns casos, o uso de medicamentos que podem ser naturais ou sintéticos.

Medicamentos fitoterápicos

A fitoterapia é o estudo milenar de plantas medicinais, que podem ser utilizadas em diversos produtos, desde chás até mesmo medicamentos naturais. “Ela tem uma história muito antiga de mais de três mil anos cuja origem vem da China e é utilizada até hoje”, conta Roberto. A fitoterapia pode ser útil para tratar tanto a ansiedade como a insônia.

Produtos fitoterápicos x medicamentos fitoterápicos

Frequentemente confundidos, os produtos fitoterápicos e os medicamentos fitoterápicos são diferentes entre si. E entender essa diferença pode ajudar a otimizar o tratamento. “Os chás e outros produtos fitoterápicos não são medicamentos e não possuem indicação terapêutica para tratar doenças específicas, porque não foram submetidos a testes clínicos”, explica o médico. Já os medicamentos fitoterápicos têm como matéria prima as plantas medicinais também, mas são submetidos a outro tipo de processo.

Os ativos vegetais são extraídos, manipulados, industrializados e padronizados na fórmula de cápsulas, pomadas, extratos, tinturas, etc. “Esses medicamentos precisam garantir a qualidade, segurança e eficácia. Além disso, têm efeito farmacológico estudado. Por isso, segundo a Anvisa, os medicamentos fitoterápicos seguem a mesma regra dos medicamentos sintéticos”, conta Roberto.  É importante destacar que os medicamentos fitoterápicos passam por estudos clínicos e também possuem bula, assim como os sintéticos.

A fitoterapia na ansiedade e insônia

Como são opções mais naturais de tratamento, geralmente, não possuem tantos efeitos colaterais , como os sintéticos. “Os medicamentos fitoterápicos podem servir em casos iniciais e leves de insônia e ansiedade, em que os medicamentos mais potentes ainda não são necessários”, destaca o médico.

Contudo, mesmo em casos mais avançados, os medicamentos fitoterápicos podem ser usados de forma complementar ao tratamento convencional. “Essa combinação é bem-vinda e pode ser muito positiva, mas deve ser avaliada pelo médico sempre”, faz o alerta.

Passiflora: calmante natural

A passiflora incarnata, a flor do maracujá, possui diversos benefícios para a saúde. Entre os principais estão os efeitos calmantes e sedativos. “As suas folhas possuem alcaloides e flavonoides, que têm uma ação no sistema nervoso central, ajudando no quadro de ansiedade, estresse e de distúrbios do sono”, explica Roberta. Além disso, pode ajudar a aliviar os sintomas de tensão de TPM e de dor de cabeça.

De acordo com o especialista, cada caso é um caso e precisa ser avaliado por um médico, mas o uso de passiflora é uma boa pedida em muitos casos de ansiedade e insônia.

Leia também: Como Lidar com a Ansiedade e o Estresse na Amamentação?

Pasalix 

Um dos medicamentos fitoterápicos para ansiedade e insônia é o Pasalix, do laboratório Marjan. O medicamento possui passiflora incarnata que provoca sedação e diminui a ansiedade, o Crataegus oxyacantha também tem ação sedativa no cérebro e a Salix alba tem ação analgésica, antipirética (controle da febre) e anti-inflamatória (diminui a inflamação). A associação destes três extratos fitoterápicos alivia quadros de ansiedade e melhora a qualidade do sono.

Leia mais: Desvalorizar o tempo de lazer pode prejudicar a saúde mental? Por que é importante ter tempo de lazer?

Fonte: Roberto Debski, médico clínico geral, homeopata e psicólogo.

Referência: Organização Mundial da Saúde

Leave a Response