Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Saúde

Cinco Dicas para uma Alimentação Saudável Fora de Casa

53views

De acordo com a última pesquisa sobre hábitos de vida realizada pela Sociedade Espanhola de Obesidade (SEEDO-SEO), 77% da população espanhola faz uma das três refeições habituais fora de casa todos os dias. Um hábito que não precisa prejudicar a saúde cardiovascular se algumas recomendações forem seguidas. Você só precisa tomar uma série de precauções para evitar que fatores de risco como obesidade, colesterol alto, hipertensão ou açúcar no sangue saiam do controle.

Estes são os principais:

Faça lanches saudáveis ​​durante o dia.

Sentar à mesa com o estômago vazio pode fazer com que optemos por pratos com mais calorias. O motivo é a sensação de que precisamos de muita energia para que nosso corpo se recupere. É por isso que é uma boa ideia fazer um lanche saudável no meio da manhã, como uma fruta.

– Faça a escolha antes de se sentar para comer.

Se possível, ver com antecedência a carta ou o cardápio do restaurante que vamos frequentar pode nos ajudar a escolher opções saudáveis, pois temos mais tempo para decidir. Legumes, legumes, peixes e carnes brancas estão entre eles. Também é importante ter em mente que pratos grelhados ou assados, ao invés de fritos ou empanados, são opções mais saudáveis. Os acompanhamentos também são importantes: uma salada é melhor do que umas batatas fritas. Para beber, a água é sempre a melhor opção. E quanto às sobremesas, as frutas.

– Pergunte antes dos outros.

Se nos anteciparmos ao resto dos nossos companheiros de mesa, evitaremos a tentação de mudar a nossa escolha anterior para um prato menos saudável. É possível que alguns deles optem por pratos com muita gordura saturada, por exemplo, e que nos sintamos tentados a pedir o mesmo. Mas se perguntarmos antes dos outros, evitaremos essa situação.

– Esqueça o sal.

A maioria da população dobra a ingestão recomendada de sal, e esse alto consumo pode afetar a saúde cardiovascular. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda reduzir a ingestão de sódio para menos de dois gramas por dia, o que equivale aproximadamente a cerca de cinco gramas de sal em adultos. E essa quantidade inclui o sal visível – aquele que adicionamos aos alimentos – e também o sal invisível, que é o que os produtos alimentícios contêm e representa a maior parte do que consumimos, sem nos darmos conta. Portanto, se pudermos evitar colocar mais sal em nossos pratos, estaremos cuidando de nossos corações.

Quando ficarmos cheios, o que sobrar para levar.

Quando ficamos cheios significa que já satisfazemos nossas necessidades, mesmo que ainda haja comida no prato. Se essa situação ocorrer, pedir que guardem as sobras de comida para levarmos é uma boa opção.

Leave a Response