Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Biologia

Anatomia Humana

122views

Resumo sobre anatomia humana
-É a ciência que estuda a estrutura e a forma do corpo humano e suas partes.

-Seu estudo é realizado desde os primórdios da humanidade.

-A dissecação é uma técnica importante dessa ciência e, por muito tempo, foi proibida.

-De acordo com o método de observação, a anatomia é dividida em microscópica ou macroscópica.

-De acordo com o método de estudo, a anatomia pode ser sistêmica, topográfica, radiológica, de superfície, seccional ou comparada.

-Anatomia e fisiologia humana são duas ciências que andam juntas.

-A posição anatômica é a posição padrão adotada nas descrições anatômicas.

O que é anatomia humana?
A anatomia humana é a ciência que estuda a forma e a estrutura do organismo humano e das partes que o compõem. O termo anatomia é derivado do grego ana, que significa “partes”, e tomei, que significa “cortar”.

Na anatomia, cortar e explorar o corpo humano é extremamente importante para visualizar e estudar órgãos e regiões que existem no nosso corpo, de forma que a dissecação de cadáveres é o principal método de ensino e aprendizagem.

A anatomia humana é estudada desde os primórdios da história da humanidade, tendo evoluído à medida que novas técnicas foram surgindo. As primeiras dissecações públicas de corpos humanos e animais foram realizadas, segundo os registros de Galeno, por Herófilo (ca. 300 a. C.) e Erasístrato (ca. 290 a. C.) na famosa Escola de Alexandria. Posteriormente, no século 2 d.C., a dissecação humana, por motivos éticos e religiosos, foi proibida.

Outros nomes que merecem destaque na história da anatomia humana são Galeno e Andreas Vesalius. Galeno (129-199 d.C.), médico dos gladiadores e do imperador Marco Aurélio, merece destaque por, em um período em que a dissecação humana era proibida, realizar dissecações em animais como uma forma de tentar entender como seria o funcionamento do corpo humano. Apesar de alguns erros terem ocorrido, seus conhecimentos foram muito valiosos.

Andreas Versalius (1514-1564) era grande defensor da técnica de dissecação como única forma de entender o funcionamento do corpo humano. Seu principal trabalho é intitulado o De humani corporis fabrica e foi finalizado em 1543. Nessa obra, Versalius apresentou uma série de desenhos e descrições feitas com base na dissecação de corpos humanos.

Além de focar no estudo dos corpos humanos, ele também dissecava outros animais, entretanto, diferentemente de Galeno, não fazia inferências e focava em analisar as diferenças entre eles. Versalius conseguiu mostrar que alguns conhecimentos de Galeno estavam equivocados. Desse modo, com os estudos baseados na dissecação de seres humanos, muitos avanços surgiram no campo da anatomia humana.

Leonardo da Vinci (1452-1519) também é um importante nome quando falamos em anatomia humana. Isso porque Da Vinci fez ilustrações muito precisas do corpo humano, desenhando, por exemplo, músculos, o esqueleto, o coração e o desenvolvimento do feto no útero.

Divisões da anatomia humana
A anatomia humana pode ser dividida utilizando-se como critério o método de observação ou o método de estudo.

→ Divisão da anatomia humana pelo método de observação
O método de observação leva em consideração a maneira como uma estrutura é observada. De acordo com esse método, a anatomia é dividida em:

Macroscópica: aquela em que você observa uma estrutura corporal a olho nu, sem necessidade de aparelhos para ampliá-la.

Microscópica: aquela em que as estruturas observadas são pequenas, e faz-se necessário o uso de um microscópico para observá-las.

→ Divisão da anatomia humana pelo método de estudo
O método de estudo leva em conta a maneira como o corpo humano é estudado. Em relação a esse método, a anatomia pode ser dividida em:

  • Sistêmica (ou descritiva): divide o corpo em sistemas orgânicos.
  • Topográfica (ou regional): divide o corpo em segmentos ou regiões.
  • Radiológica: estuda o corpo humano com base no uso de imagens.
  • De superfície: foca o estudo nos relevos e depressões existentes na superfície do corpo.
  • Seccional: analisa os cortes seriados.
  • Comparada: como nome sugere, compara o organismo humano com o de outros animais.

Anatomia e fisiologia humana
Anatomia humana: ciência voltada para o estudo da estrutura e forma do organismo humano.

Fisiologia humana: ciência que estuda as funções do organismo e cada uma de suas partes.

Separar o estudo da anatomia, do estudo da fisiologia, nem sempre é tarefa fácil, pois conhecer sua estrutura é fundamental para compreender como o organismo funciona. Portanto, essas duas áreas estão, completamente, inter-relacionadas.

O que é posição anatômica?
A posição anatômica é uma posição padrão adotada nas descrições anatômicas, facilitando, desse modo, a descrição das estruturas do nosso organismo em todo mundo. Um organismo em posição anatômica está em pé (posição ortostática), face virada para frente e olhando para o horizonte, membros inferiores unidos, membros superiores estendidos e com as palmas das mãos voltadas para a frente.

O corpo pode ser dividido levando-se em consideração as seguintes direções:

  • superior: parte superior do corpo;

  • inferior: parte inferior do corpo;

  • anterior: frente do corpo;

  • posterior: parte de trás do corpo;

  • cefálica: região mais próxima à cabeça;

  • medial: região mais perto da linha mediana do corpo;

  • lateral: região mais próxima da lateral do corpo e mais afastada da linha mediana;

  • proximal: região próxima da raiz do membro;

  • distal: região mais distante da raiz do membro.

Além das direções, não podemos deixar de citar os planos anatômicos, usados para dividir o corpo. Esses planos são:

  • Sagital mediano: divide o corpo em metades: direita e esquerda.

  • Sagital: qualquer plano paralelo ao sagital mediano que divide o corpo em porções direita e esquerda.

  • Horizontal ou transversal: divide o corpo em porção superior e inferior.

  • Frontal ou coronal: divide o corpo em porções anterior e posterior.

Os sistemas do corpo humano: principais órgãos e funções

Sistema tegumentar
O sistema tegumentar é formado pela pele e seus anexos. Atua impedindo a entrada de micro-organismos no nosso corpo, evitando a perda exagerada de água, protegendo contra a radiação ultravioleta, promovendo percepção sensorial, entre outras funções.

Sistema esquelético
O sistema esquelético é formado pelos ossos, cartilagens e ligamentos. Atua, entre outras funções, auxiliando no movimento do corpo, protegendo órgãos internos, armazenando sais minerais e produzindo células sanguíneas.

Sistema muscular
O sistema muscular é formado pelos músculos e atua, entre outras funções, na manutenção da postura e realização de movimentos.

Sistema cardiovascular
O sistema cardiovascular é formado por coração e vasos sanguíneos e atua garantindo a distribuição do sangue para várias partes do corpo.

Sistema linfático
Sistema linfático é formado pelos vasos linfáticos e órgãos linfoides. É um importante sistema de drenagem, relacionado com a remoção do excesso de líquido, proteínas e outros materiais dos espaços teciduais.

Sistema nervoso
O sistema nervoso pode ser dividido em central e periférico, sendo o primeiro composto por encéfalo e medula espinhal e o segundo constituído por nervos, terminações nervosas e gânglios. O sistema nervoso atua na coordenação e integração dos sistemas orgânicos. É graças a ele que somos capazes de perceber o meio ambiente, interpretar essas informações e gerar respostas.

Sistema endócrino
O sistema endócrino é formado pelo conjunto das glândulas endócrinas do nosso corpo, ou seja, glândulas que secretam hormônios. Libera hormônios relacionados com diferentes funções, que vão desde a regulação do crescimento e desenvolvimento até a reprodução.

Sistema digestório
O sistema digestório é formado por boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e glândulas acessórias. Tem como principal função garantir a absorção dos nutrientes presentes nos alimentos que consumimos.

Sistema respiratório
O sistema respiratório é constituído por nariz, faringe, laringe, traqueia, brônquios, bronquíolos, alvéolos e pulmões. Garante que o oxigênio chegue até nossos pulmões, nos quais é transferido para o sangue, e promove a eliminação de gás carbônico do organismo.

Sistema urinário
O sistema urinário é formado pelos rins, ureteres, bexiga e uretra. É responsável por filtrar o sangue e produzir a urina, um processo que garante a retirada de substâncias tóxicas e que estão em excesso no nosso organismo.

Sistema reprodutor masculino
O sistema reprodutor masculino é formado por testículos, epidídimo, ductos deferentes, uretra, pênis e algumas glândulas. Esse sistema garante a produção dos espermatozoides e sua transferência para o sistema reprodutor feminino.

Sistema reprodutor feminino
O sistema reprodutor feminino é formado por ovários, tuba uterina, útero, vagina e vulva. É responsável por produzir os ovócitos, receber o espermatozoide durante a cópula e garantir o desenvolvimento de um novo ser em formação.

Leave a Response