Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Historia

África Central Britânica

60views

A ideia da formação de uma federação existe desde o surgimento do colonialismo, mas os diferentes interesses dos colonos não tornaram possível a integração.

1915-os directores da BSAC tentaram em vão formar uma federação entre a Rodésia do Sul ( Zimbabué) e a Rodésia do Norte (Zâmbia) .

1924-o governo de Hertzog –Africa do Sul também tentou formar uma federação com a Rodésia do Sul, os colonos rodesianos recusaram pois tinham medo que os boers empobrecidos fossem ocupar as terras do seu território.

1949- a Rodésia do Sul que era a mais rica aceita a formação de uma federação com a Rodésia do Norte e o Niassalandia (Malawi).Os interesses dos colonos do Sul eram claros; pretendiam apoderar-se das ricas regiões mineiras do Norte ( cobre ) e fazer uso da mão de obra barata do Niassalandia.

1953- o governo britânico aprova a formação da federação no dia 1 de Outubro de 1953.A federação fracassou pelas seguintes razoes:

  •  a federação beneficiou o Sul e não as outras regiões;
  •  a capital da federação, estava em Salisburia na Rodésia do Sul (hoje Harare);
  •  barragem de Kariba ( rio Zambeze )foi construída no lado da Rodésia do Sul;
  •  a Rodésia do Sul beneficiou da universidade da Rodésia e Niassalandia.

Foi sobretudo por estas razoes que os nacionalistas da Rodésia do Norte e Niassalandia lutaram por uma ligação directa com a coroa britânica e exigir o fim da federação o que veio a acontecer em 1963. Estes dois países tornaram-se independentes em 1964.

Com a dissolução da federação a Frente Rodesiana um partido dos colonos formado em 1962, realizou conversações com o governo britânico para obter autonomia e formar um governo próprio. O governo britânico foi criticado pela comunidade internacional e por isso não aceitou o pedido. O líder da F.R Ian Smith fez a Declaração Unilateral da  Independência da Rodésia (DUI) a 11 de Novembro de 1965, a independência foi ilegal.

Leave a Response