Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Geografia

Actividades da População em Moçambique: Quais são os principais factores que influenciam a produção agrícola em Moçambique?

120views

  1. O Clima

O factor climático é dos mais importantes condicionantes da actividade agrícola no país, uma vez que a disponibilidade de água, proveniente de chuva, de rios ou de lagos não estar distribuída de forma equilibrada no país e ainda a sua abundância sujeita a determinados períodos do ano.

A Topografia (Relevo)

As terras baixas (planícies) são intensamente trabalhadas por serem de fácil cultivo, por isso há grande concentração da população nestas zonas. Ex: as planícies costeiras, vales dos rios, as bacias hidrográficas são próprias para o cultivo de grandes variedades de cereais e feijões, enquanto que o chá é cultivado nas terras altas (planaltos) da Zambézia, a batata Reno e feijão são cultivadas nas terras altas do Niassa, Tete e Manica. A topografia deve ser considerada em estreita relação com a temperatura.

Os solos

Os solos são compostos por uma variedade de minerais e substâncias orgânicas. Estas características estão estreitamente ligadas ao clima, a cobertura vegetal e a sua aptidão para o cultivo de diferentes tipos de culturas.

Ex: os solos mais adequados à produção de culturas alimentares e de rendimento localizam-se nas zonas centro e norte do país devido à existência de solos férteis para o desenvolvimento de culturas.

Factores sócio-culturais

Afectam de alguma forma o tipo de culturas considerando os hábitos de consumo de um determinado tipo de cereais, tubérculos ou hortícolas. 

Nas zonas centro e norte do país consome-se mais cereais e variedades de feijão, enquanto que na zona sul se consome mais tubérculos, hortícolas e amendoim.

Factores económicos

Os factores económicos são instáveis e que ultrapassam o controlo dos produtores de culturas de subsistência e sobretudo de mercado. É o caso das cíclicas recensões económicas que afectam o mundo ou ainda o nível de preços no mercado internacional determinadas pela lei de oferta e procura.

As culturas mais vulneráveis a essas situações são o algodão, o cajú, a cana-de-açúcar, a copra, o girassol, etc. Os desastres naturais como as cheias, ciclones, secas ou pragas, se por um lado afectam as colheitas nos dois tipos de agricultura (subsistência e de mercado), por outro, têm maior influência nas culturas de subsistência do que propriamente a questão da flutuação dos preços no mercado nacional ou internacional.

Conclusão

Moçambique possui óptimas condições para a pratica e desenvolvimento da agricultura. Isso deve-se fundamentalmente à sua localização geográfica na costa Oriental da África , a sua proximidade em relação ao oceano Indico, a extensão territorial, as suas características topográficas distintas, a grande variedade de solos férteis, os climas tropicais, a existência de uma ampla rede hidrográfica.

A agricultura em Moçambique é muito importante pelo facto de constituir a base para o desenvolvimento da economia nacional, através da exportação de culturas de mercado, é a principal fonte de alimentação da população para além de ser o sector de actividades económicas que emprega o maior número da população activa no nosso país.

         Leia mais em: Leia e aprenda.com

Leave a Response