Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Teorias de Comunicação

10 importância do Marketing

63views

O marketing nos diz que as empresas devem manter o mercado dentro delas e não fora como costuma acontecer, ou seja, expressa às empresas que não devem tomar nenhum tipo de decisão sem antes considerar o que o mercado precisa. Se você deseja alcançar uma empresa de sucesso, o mercado deve liderar, e não os gerentes ou trabalhadores. Isso se traduz como marketing.

Essa área é a que assume a responsabilidade pelo relacionamento das empresas com seus mercados e pode ocorrer por meio de comunicações, vendas, canais de distribuição, entre outros. No entanto, a função mais importante do marketing é desenvolver e melhorar os produtos das empresas, para que sejam o mais possível o que o público espera em termos de aspectos tangíveis (serviços ou produtos). Se isso acontecesse, o público testaria o produto e o consumiria com mais frequência.

A importância do marketing e a situação atual

Todas as empresas começam a descobrir a importância do marketing, primeiro porque a concorrência internacional as obriga, e segundo porque vão surgindo novos e desconhecidos segmentos do mercado nacional. Uma nova ideia está surgindo, que entende que o sucesso da empresa depende do quanto ela entende e satisfaz as necessidades do mercado, novos e antigos mercados que mudam a cada dia.

A evolução dos gestores ao longo do tempo

Na maioria dos casos, é uma questão gerencial. Gestores mais antigos acostumados a trabalhar por instinto estão sendo substituídos por gestores mais jovens, com melhor estudo e conhecimento, pois sabem que as vendas, a publicidade das empresas devem ser baseadas apenas nas necessidades do mercado. Os antigos gerentes empurravam (eles empurravam a venda), enquanto os jovens gerentes trabalhavam mais puxando (eles puxavam seus consumidores para que preferissem seus produtos). Essa nova geração está transformando a função de marketing nas empresas e mostrando o quanto ela é útil.

Qualquer empresa de qualquer setor procura oferecer um bom produto ou serviço a um preço competitivo. O mundo dos negócios é complexo e possui diversas dimensões, mas empregar alguma forma de estratégia de marketing é essencial para otimizar a eficácia dos negócios. É muito provável que um bom produto associado a uma imagem ruim não venda bem.

Nos últimos tempos, tem-se dado maior importância não só às mensagens que se transmitem, mas também à forma como se transmite, razão pela qual se têm popularizado as carreiras universitárias orientadas para a Publicidade e a Criatividade, para além da análise da diferentes estratégias que permitem atingir um maior número de pessoas.

Tecnicismo em torno da etimologia
É conhecido em espanhol como Mercadotecnia e derivado de seu equivalente em francês Mercatique, ou mais conhecido por seu marketing de referência em inglês.

Quem é considerado o mentor deste movimento, Philip Kotler, definiu-o como um processo administrativo e social que tende a satisfazer uma necessidade através da criação de todo o tipo de bens e serviços, por particulares em particular ou por grupos de produtores.

É por isso que esta afirmação é derivada como uma área de estudo em que se procura analisar as diferentes necessidades dos potenciais clientes para poder comercializar um produto, obter lucros com ele ou simplesmente procurar que seja divulgado da melhor maneira possível. caminho. , sendo esta prática relacionada com a sua publicidade.

Uma ferramenta fundamental no mundo dos negócios
Especialistas em marketing consideram que é essencial definir objetivos de curto, médio e prazo. Para isso, é necessário recolher toda a informação possível sobre todo o tipo de aspetos: o produto a vender, o cliente a quem se dirige, o suporte da campanha, o momento mais oportuno para o lançar, etc. esses aspectos devem ser desenvolvidos por pessoas qualificadas.

Metas firmes para obter os resultados esperados e confiar nos sentimentos
Para despertar o interesse de uma audiência, é aconselhável que as mensagens sejam claras e diretas. Humor e uma abordagem otimista são dois caminhos que costumam se conectar com os consumidores. Neste sentido, não se deve esquecer que o marketing tem uma dimensão emocional.
É interessante saber o que os outros estão fazendo, mas cada empresa deve encontrar seu próprio caminho. Por outro lado, não devemos esquecer que a publicidade é regida por certas normas legais que devem ser respeitadas.

O cliente sempre tem razão, e quando erra, que mal percebe, é preciso primar pela sutileza
O marketing conduz então a um grande número de atividades cujo principal objetivo é a satisfação do potencial cliente que deve ser captado, através da oferta de um determinado produto ou serviço, considerando não só a obtenção do maior lucro possível, mas também algo derivado deste, que é o maior número de usuários possível (ou seja, que nosso produto ou serviço chegue ao maior número de destinos).

Além disso, contempla poder obter o maior benefício de um produto específico, buscando atingir diferentes segmentos de mercado e que possam pagar o preço de acordo com cada produto (também definido pelas diferentes análises de mercado que devem ser realizadas), também conhecida como Estratégia Comercial, considerando como parte dela as Promoções e Propagandas relacionadas ao produto.

Por esta razão, o marketing não deve ser confundido com publicidade ou anúncios, sendo estes apenas ferramentas que fazem parte do Marketing, como parte do Posicionamento de Mercado e dos diversos estudos que são realizados com base nas estratégias de vendas.

Erros típicos do marketing online
– Existem empresas que comunicam boas mensagens, mas esquecem a comunicação bidirecional , ou seja, o consumidor também deve participar ativamente de alguma forma; por exemplo, fazendo perguntas ou fazendo comentários e avaliações.

– Com alguma frequência, as redes sociais são utilizadas para publicar conteúdos existentes e não para criar novos conteúdos.

– Nem sempre um número maior de visitas implica em aumento de vendas. Neste sentido, existem conteúdos com um número reduzido de visitas mas que geram um valor qualitativamente importante.

– Os especialistas aconselham ter o máximo cuidado com o conteúdo de uma mensagem. Assim, deve ser escrito com ortografia correta, de forma criativa e em linguagem acessível.

– Evite falar muito sobre você. Pelo contrário, é melhor que os usuários e clientes expressem sua opinião sobre um produto.

– O marketing online não faz milagres. Ou seja, se um produto for bom as opiniões serão favoráveis ​​e se for ruim produzirá críticas.

– Não tens de estar numa rede social porque está na moda, mas naquelas onde se encontra o público-alvo a quem se dirige uma mensagem.

– Postar com muita frequência e em alta velocidade nem sempre é eficaz. Às vezes é preferível publicar menos conteúdo, mas com alta qualidade.

Leave a Response